De volta aos treinos, Durinho analisa duelo entre Anthony Pettis e Gilbert Melendez

Com muitos motivos para festejar, Gilbert Durinho, que conseguiu três vitórias nesta temporada

  • Notícias
Atento a tudo que vem acontecendo em sua divisão, o niteroiense vai acompanhar atentamente o duelo entre Anthony Pettis e Gilbert Melendez, válido pelo título dos pesos-leves (70kg). O combate será uma das principais atrações do UFC 181, marcado para este sábado (6), no Mandalay Bay, em Las Vegas (EUA). 
 
Apesar de ter feito apenas um combate entre os leves na maior organização de MMA do planeta, Durinho deixou claro que, em breve, pretende firmar-se entre os melhores de seu peso, projeta um ano de 2015 repleto de glórias e quer dar mais um passo em direção a uma eventual disputa pelo cinturão de sua divisão.
 
“Vou acompanhar atentamente essa disputa de cinturão. Vai ser uma luta muito dura, os dois estão vindo de ótimos resultados. O Gilbert Melendez parece um pouco mais faminto, mas, ainda assim, acho que o Pettis leva uma pequena vantagem. Vai ser uma guerra e eu vou comprar o pay-per-view para ficar de olho. No peso-leve existem muitos lutadores talentosos, os tops da categoria são muito completos, conseguem fazer a transição muito bem, lutar em pé, no clinch, e no chão. O meu objetivo, em 2015, é me firmar como um Top 10 chegando bem perto do cinturão. Quero fazer boas lutas, ter ótimas performances e aos poucos mostrar o meu valor”, revelou o lutador, que fez sua estreia oficial no UFC, em julho de 2014.
 
Motivado por seu último resultado positivo, no UFC 179, disputado no fim de outubro, no Rio de Janeiro (RJ), o atleta já trabalha em vista de seu próximo desafio. Com uma estrutura de alto nível, ele já está mapeando suas reais necessidades e quer se apresentar novamente em fevereiro de 2015.
 
“Já descansei e já voltei aos treinamentos. Na verdade, venho trabalhando bastante, mas, nessa fase, estou fazendo alguns testes físicos com o fisiologista Paulo Gentil, além de uma bateria de exames que meu nutrólogo Rodrigo Mauro me passou para começarmos forte a temporada de 2015. Estamos vendo onde podemos melhorar. O UFC entrou em contato com o meu manager e comunicou que lutarei em fevereiro. Estou esperando o adversário e o local para assinar o contrato. Estou com muita vontade de entrar no octógono novamente”.
 
Companheiro de treinamentos e treinador de chão do astro Vitor Belfort, Gilbert Durinho também comentou sobre o planejamento feito para auxiliar o amigo que desafia, no dia 28 fevereiro, em Las Vegas (EUA), o norte-americano Chris Weidmam pelo título dos médios (84kg) do UFC.
 
“O Vitor está em uma ótima fase, motivado, forte, bem focado e aprimorando as técnicas. Eu pretendo estar do lado dele, ajudando muito na parte de solo, que é meu carro-chefe, mas também em todos os detalhes para deixá-lo blindado para nos trazer essa vitória. Acho que a experiência que venho adquirindo dentro do evento vai ajudar bastante nessa troca de informação. Sei como é o clima, sei a hora que bate a adrenalina, o frio na barriga, então estarei o motivando e deixando ele mais confiante do que nunca”, concluiu o atleta patrocinado pela Koral Fight Co.. 
 

Online video lessons